CADE investiga cartel de distribuidoras de combustíveis

15
(Foto: Montagem)
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deu início a uma investigação sobre formação de cartel entre as três principais distribuidoras de combustíveis do país: Raízen, Ipiranga e BR Distribuidora.
Esse é o segundo processo investigatório contra as empresas, que já são alvos da Polícia Civil do Paraná por combinação de preços. “A suspeita é que essas distribuidoras controlam de forma indevida e criminosa o preço final dos combustíveis”, diz a polícia.
De acordo com reportagem do Valor, há também uma investigação em curso no Ministério Público Federal do Paraná.
Caso confirme a existência do cartel, o Cade pode aplicar multas de até 20% sobre o faturamento das empresas no ano passado.
A investigação seguirá os moldes das realizadas no Distrito Federal e no interior de São Paulo, quando a Shell (Raízen) foi condenada por controlar preços dos combustíveis em postos das cidades de São Carlos, Bauru e Marília.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here