Homem bate em viatura em tentativa de fuga e é preso pela DRE

16
(Foto: Assessoria)
A Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil, prendeu na manhã deste sábado (30) um homem foragido da Justiça desde 2016 apontado como o autor de um homicídio cometido na Capital.
A prisão de Marlon Vinícius Guimarães Dias, 27, ocorreu no bairro Residencial Noise e Curvo, em Várzea Grande. A captura aconteceu em atividades rotineiras de enfrentamento ao tráfico de drogas na região – especificamente nos pontos de comercialização de entorpecentes (bocas de fumo).
Ao ser avistado por equipe policial da especializada em atitude suspeita, Marlon empreendeu fuga em seu veículo Fiat Doblô, cor branca. Em abordagem, após acompanhamento tático, identificação dos policiais e ordem de parada, o suspeito deu marcha à ré, vindo a atingir a viatura policial da DRE, provocando danos na parte frontal e lateral da viatura. Com o forte impacto foi acionado airbag e foram causadas lesões físicas aos policiais que estavam na viatura.
Conduzido à delegacia, o suspeito foi autuado em flagrante pelo delegado da DRE, Marcelo Miranda Muniz, pelos crimes de dano qualificado contra patrimônio do Estado de Mato Grosso, lesão corporal na condução de veículo – com pena agravada por não possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e desobediência, além de ser dado devido cumprimento ao mandado de prisão por homicídio.
A repressão ao tráfico doméstico segue em fortalecimento pela unidade especializada, conforme explica o delegado. “Essa prisão é decorrente do trabalho policial que vem sendo desenvolvido em nossa unidade para repressão ao tráfico doméstico e a consequente desarticulação de bocas de fumo na Capital e região metropolitana”, destaca.
O criminoso será apresentado em audiência de custódia na Capital, em referência ao cumprimento da ordem judicial de prisão em seu desfavor pela 14ª Vara Criminal, e seguirá para unidade prisional onde ficará à disposição do Judiciário.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here